Esquadra 301 – “Jaguares” irá apadrinhar um tigre

O NATO Tiger Meet 2021, "um dos maiores exercícios internacionais alguma vez realizados em Portugal", está a decorrer na base aérea nº 11, em Beja.

Com as suas aeronaves pintadas como tigres, a anfitriã deste extraordinário evento – a Esquadra 301 “Jaguares” – atua como embaixadora desta espécie e irá apadrinhar o Tigre-da-sibéria associando-se ao Jardim Zoológico pela conservação da biodiversidade.

Proveniente dos vales com encostas rochosas na bacia do rio Amur, localizado na fronteira entre a Rússia e a China, os Tigres-da-Sibéria são a subespécie de tigre de maior dimensão. 

Muitos são os esforços que têm sido dedicados á conservação do Tigre. Ameaçados pela caça para o comércio das peles, pelo trafico de órgãos para a medicina tradicional chinesa, pela perseguição por parte da população local para proteção do gado doméstico e pelas consequências do desenvolvimento das áreas agrícolas e urbanas, esta subespécie viu-se reduzida a 20 – 30 animais em 1940. Com o apoio de outros jardins zoológicos, parques e reservas da vida selvagem, estima-se que existam cerca de 400 Tigres-da-Sibéria em áreas protegidas”

A Força Aérea, através da Esquadra 301 – “jaguares”, sentindo-se solidária com esta problemática, apoia esta causa apadrinhando um Tigre-da-Sibéria, o Silver.